Girls' Generation

Um post especial sobre as garotas que revolucionaram a Coréia do Sul durante a Onda Hallyu.

Anime | Kamisama Hajimemashita

A história de Nanami, uma menina sem dinheiro nem teto e Tomoe, um yokai raposa.

Dorama | Who are You?

Uma investigadora contando com a ajuda de um fantasma para solucionar casos na seção de Achados e Perdidos.

Filme | Antique

Um filme que mostra que doces nem sempre representam ou trazem felicidade.

MV | T.O.P - Doom Dada

Confiram o MV que traz T.O.P de volta aos palcos.

15 de junho de 2014

Ichi - A Justiça é Cega


Posso dizer que esse foi um dos primeiros filmes que não eram comédia ou romance que conquistou minha atenção, eu também gosto de filmes de época como foi o caso de Hua Mulan, porém são poucos os de ação do quais eu possa convictamente dizer que fiquei fã. Não por suas histórias ou atores, mas apenas por não ser um gênero que eu seja uma ávida telespectadora.

Contudo, como eu disse, esse conquistou minha atenção pela história, pelos atores e suas atuações, pelos cenários e vestimentas e etc. É um filme muito bem feito e dirigido, e apesar de ser suspeita para falar dos atores, afinal já havia gostado do par no dorama Jin, não teria porque não gostar deles no filme.

Mas vamos ao filme que é sobre isso que eu vim escrever, a história de Ichi, na verdade, começa bem antes desse filme, e me custou apenas um pouco de pesquisa para saber disso. Ela que na história é uma mulher cega, chamada de Goze, que desde o começo fica evidente saber muito sobre artes marciais e está em busca do seu mentor que é chamado de Zatoichi, ao pesquisar descobri que esse mesmo mentor dela foi o personagem principal de uma série e vários filmes japoneses.

Através dessa pesquisa que também descobri que na verdade ele também era especialista em jogos de azar, e principalmente jogos com dados, uma das cenas que vemos no filme. Enfim, pelo que se pode perceber tudo que ele sabia foi passado para Ichi e ela aprendeu tudo muito bem, mas acredito que pelo bem dela ele resolveu deixá-la com um grupo de Gozes que viajam pelos vilarejos se apresentando para quem pagasse para ouvi-las.

Porém, por azar de Ichi, que havia se tornado uma bela e habilidosa mulher ela acaba chamando muita atenção de um dos donos de um dos lugares em que elas se apresentam e é estuprada e tendo em vista que elas possuem a regra de se manterem solteiras e virgens, Ichi é expulsa do grupo, e por azar do homem que a estuprou, ao tentar fazê-lo novamente Ichi usa de suas habilidades com a espada e o mata pelo que ele fez e por zombar dela.

Assim, ela vai à busca de seu mentor, mas o que encontra no caminho é um viajante muito medroso chamado Touma Fujihira, que se diz samurai, mas que tem muito medo de empunhar uma espada. Nesse decorrer de tempo que os dois passam juntos, eles se metem em uma grande confusão por culpa da falta de coragem de Touma, que admite para o filho de um líder da Yakuza cujo vilarejo tem sido ameaçado pelo bando Bankito, que foi ele quem derrotou cinco dos integrantes desse grupo sozinho, mas que na verdade foram derrotados por Ichi.

Após essa vergonhosa derrota, um dos líderes do Bankito jura vingança e como prometido, eles voltam e matam o chefe dos Shirakawa, deixam Touma inconsciente e nisso quem termina por se revelar é Ichi, e assim ela é levada para as montanhas para o líder do bando Bankito, Banki, que possui o rosto desfigurado devido uma luta entre ele e Zatoichi, e que ao ver que Ichi não responde às suas palavras maldosas, a tortura e a deixa trancada para morrer em uma espécie que calabouço.

No entanto, com o que nós não contávamos era com a súbita coragem de Touma, que pelo visto fica com a consciência pesada por ela ter sido levada e vai ao resgate de Ichi, mesmo que isso signifique a morte dele e seu fiasco com relação ao resgate. Mas tudo dá certo para Ichi que é libertada, mas que infelizmente perde Touma, contudo para honrar seus últimos esforços ela resolve devolver a espada de Touma até o túmudo da mãe dele, seja onde for e parte.

Não vou me delongar sobre esse filme, pois são muitas emoções para contar e não posso estragar a verdadeira emoção que seria quando vocês assistirem, por isso, me encerro por aqui, e realmente não deixem de conferir! Até mais.


14 de março de 2014

Kamisama Hajimemashita


Hoje venho recomendar esse anime que foi lançamento da temporada de 2012 e de longe, foi o melhor que se lançou do gênero. Sim, estou falando de Kamisama Hajimemashita, que conta a história de Nanami Momozono que após ser deixada para trás por seu pai devido dívidas feitas por ele com jogos de azar, ela precisa como todos dizem correr atrás do prejuízo para não ficar morando para sempre na rua.


Porém como nada é fácil pra ninguém para ela não seria diferente, e após ficar um dia inteiro fora de casa depois de ser despejada e sem conseguir ir à escola, Nanami ajuda um senhor com muito medo de cachorros que em agradecimento oferece sua casa para ela, para que ela fique em seu lugar, mas o que ela não suspeitava era que sua casa era um templo, e quando ela chega nele pensa se tratar de uma brincadeira.

Lá ela conhece Tomoe, um yokai raposa, que furioso com seu até então senhor Mikage que resolveu ir embora sem avisar nada e da mesma forma arruma outra pessoa para ficar em seu lugar, se recusa a receber ordens de uma garota humana que mal conhece as responsabilidades que lhes foram deixadas por Mikage como Divindade da Terra, estas que lhes foram passadas no momento em que Mikage a beijou na testa.


Ao ser explicada das responsabilidades e obrigações que agora é encarregada ela simplesmente pensa que se trata de um sonho, e no dia seguinte ao ser novamente orientada de suas obrigações, ela passa tentar fazer com que Tomoe comece a aceitá-la como nova mestre, e como ele não está aceitando por bem, a única forma de fazê-lo aceitar por mal é fechar com ele o Contrato de Servo Divino e isso só é feito com um beijo entre os dois. E depois desse contrato ser feito Tomoe começa a fazer Nanami aumentar suas forças como Divindade.

Como Nanami finalmente consegue fazer sua vida voltar ao normal de uma forma razoável, ela decide voltar para a escola também. E lá vira motivo de piada devido sua situação anterior, e para ajudar um cantor muito famoso, chamado Kurama, resolve se mudar para sua escola e ela que a princípio gostava dele também agora o vê com outros olhos, por ele ser muito metido e sempre gostar de ser o centro das atenções.


Ele que desde o início só buscava o selo de divindade da terra que Nanami possui, passa, após ver como ela é boa apesar do que acontece entre eles, a gostar dela mesmo sem ser correspondido, e parte desse sentimento também floresce por ela não ser como uma fã que gosta de se aproximar dele apenas pelo que ele é como cantor, mas também como pessoa.

Com tudo que acarreta as obrigações da divindade da terra uma delas é conhecer 'pessoas' de outro lugares também, uma delas é Himemiko do Pântano, que pede a ajuda de Nanami para poder reencontrar um garoto humano que conheceu quando ele era muito pequeno e quem sabe assim casar-se com ele. Nanami prontamente a ajuda, apesar de ser orientada do contrário por Tomoe que diz que humanos e yokais não podem se misturar.


Outro yokai que Nanami conhece é Suenagaku Mizuki, um servo do tempo da água que agora vive lá sozinho, pois sua mestre já não vive mais lá e ao ser ajudado por Nanami ele tenta levá-la mesmo que a força para seu templo para lá viverem para sempre. Porém Tomoe não permite que isso aconteça e mesmo depois de ser deixado por ela, ele ainda nutre uma grande afeição por ela que só é satisfeita quando ele consegue finalmente se tornar seu segundo servo.


Muitas aventuras acontecem entre as personagens, principalmente Tomoe, Mizuki, Kurama e Nanami, mas o que sugiro a vocês leitores é que também procurem pelo mangá, pois muita coisa acontece após o final que o anime possui e muita coisa legal e interessante que explica muitos fatos um pouco confusos do anime.

Espero que tenham gostado da dica e se assistirem voltem para dizerem o que acharam do anime. Até o próximo post. 

3 de março de 2014

Antique


Olá pessoal, venho para indicar esse filme, que apesar de já ter estreado há um certo tempo, ainda me é muito querido. Talvez seja porque já havia assistido ao anime e por curiosidade fui conferir a fidelidade do filme que acabei me encantando mais ainda pela história. Afinal, uma coisa são desenhos realizando uma cena e outra bem diferente são atores, que acabam de certa forma acrescentando trejeitos às personagens.

Em um primeiro momento o que se destaca com relação ao filme é seu teor homossexual entre as personagens. Porém, para mim isso se tornou irrelevante quando o ponto principal do filme é revelado e se torna o que faz com que todas as personagens se unam por um único propósito, e isso é simplesmente genuíno.

Kim Jin Hyeok era muito popular na escola e isso fez com que até mesmo meninos se declarassem para ele; no entanto, pelo que se pode perceber, após Min Seon Woo se declarar para ele não pareceu que tudo sobre ele fizesse com que Jin Hyeok o odiasse, contudo o fato dele entregar-lhe um bolo como presente realmente o aborreceu, o que gerou uma grande cena entre os dois que provavelmente nenhum deles esqueceria. Ou pelo menos foi o que Jin Hyeok pensou...


Depois desse ocorrido, Min Seon Woo resolve terminar com a própria vida, mas antes disso pensou que ao menos merecia uma última noite de bebedeira e isso o fez perceber que sua ideia não fazia sentido e que ele tinha seu valor. A partir de então, ele resolve se empenhar naquilo que mais gosta e sabe fazer, doces e se torna um dos melhores confeiteiros do mundo, sendo reconhecido até mesmo fora da Coréia do Sul, o seu único problema é que de tão charmoso e bonito ele gera conflitos em todos os estabelecimentos em que trabalha, sendo esses conflitos na maioria das vezes envolvendo homens que se apaixonam por ele.


A vida dos dois se une novamente quando Kim Jin Hyeok resolve abrir uma confeitaria, mas para isso é necessário contratar um chef e alguns ajudantes, que para ele de preferência seriam mulheres, mas que devido ao pânico de seu chef não tem conseguido contratar nenhuma. Isso acaba se tornando um obstáculo, afinal apenas os dois não conseguirão dar conta de todo o serviço da loja.


Por sorte do destino, um ex boxeador chamado Yang Ki Beom, que por ali passava se interessa pelo anúncio de emprego e resolve arriscar, mas o que conquista seu coração são os doces feitos por Seon Woo, e a contragosto de Jin Hyeok, ele é contratado como ajudante e degustador, passando a posteriormente a auxiliar o chef também, uma vez que fica apaixonado pelos doces feitos e só quer aprender mais e mais a como fazer doces tão gostosos quando os que come do chef Seon Woo.



Após um tempo, um misterioso homem surge na confeitaria, um pouco desastrado, Nam Soo Yeong, se apresenta como o guarda-costas de Jin Hyeok. Apesar de ser um pouco atrapalhado, ele fica como ajudante da loja e onde era para ser um local cheio de mulheres, para o sonho de Jin Hyeok se tornar realidade, acabou virando um lugar apenas com homens, para seu desespero.

O mais legal é que do meio do filme para o final, uma grande dose de suspense se instaura no enredo, o que nos faz chegar ao questionamento principal do filme: por que Kim Jin Hyeok quis abrir uma confeitaria se ele não gosta de doces, de nem ao menos prová-los? O mistério que envolve essa razão começa a se manifestar quando Jin Hyeok ouve a notícia do sequestro de um garoto, o que faz com que suas lembranças voltem a assombrá-lo.

Quando pequeno ele foi sequestrado por um homem que adorava fazê-lo comer doces todos os dias, se não outras coisas que não são mencionadas no filme, porém ao escapar de seu cativeiro o que ele faz ao finalmente chegar em casa é esconder os sentimentos e as lembranças que ganhou nessa terrível experiência dentro de si para que assim não preocupasse seus familiares, mas isso só fez com que ele se traumatizasse e tivesse pesadelos com frequência.

Porém, já adulto ao ajudar uma senhora, ele encontra o local onde estava escondido o garotinho e o ajuda a fugir encontrando assim um pouco de paz para si mesmo também, contudo esse ato de bravura faz com que todos da confeitaria e seus parentes fiquem preocupados com Jin Hyeok também e como isso poderia afetar sua vida agora que está relembrando o que aconteceu com ele através desse menino. E isso só esclarece que na verdade, todo esse tempo, ele só esteve esperando o momento certo para agir e procurar o seu sequestrador.

Eu gosto muito desse filme, pois apesar de no início parecer mais um filme cheio de homens bonitos que só servirá para atrair o público feminino, ele termina por envolver uma questão muito mais séria e complexa que são os traumas que ficam em pessoas que sofrem algum ataque ou tortura de qualquer tipo e como elas se comportam perante a essa situação posteriormente em suas vidas.

Espero que vocês gostem da dica de hoje e confiram-no, e se quiserem passem por aqui depois e deixem suas opiniões sobre o filme que eu adoraria saber o que mais gostaram ou que acharam que poderia ser melhor. Abraços a todos.



29 de dezembro de 2013

MV da Semana | T.O.P - "Doom Dada"


Um dos MVs mais comentados do final desse ano não poderia faltar por aqui, volto especialmente com a surpresa do integrante da banda Big Bang, T.O.P, que após uma longa pausa de suas atividades como cantor para se dedicar à sua carreira de ator surpreendeu a todos com um single e logo após um MV muito do excêntrico.

Digo excêntrico, pois ele me lembra em muitos aspectos o filme "2001 - Uma Odisseia no Espaço" de Stanley Kubrick, e para quem já o assistiu sabe que o filme é bem 'louco' e impossível de se entender de primeira. E o MV em si é bem assim também, o que é uma tentativa de inovar, eu acredito.

Bom começando com a opção de ser um MV em preto e branco, acabou fazendo com que tudo se realçasse ainda mais do meu ponto de vista, apesar de serem cenas bem simples o fato de não ter cores que possam nos distrair com relação à detalhes, faz com que nos concentremos na cena em si, o que na minha opinião foi um ponto positivo para o MV.


Abaixo uma cena do filme 2001:




Essa é a cena em que o macaco pré-histórico por um estalo resolve usar um osso como uma arma, ou seja, foi a partir daí que tudo começo a evoluir no filme.

E abaixo a cena bem parecida do MV:




Temos o mesmo macaco se utilizando do osso, que a princípio aparece na forma de um microfone para afastar e depois de certa forma dar um ritmo aos outros macacos que vivem com ele.

Como esse MV parecia ser mais intrigante e cheio de mensagens subliminares como o próprio filme, resolvi fazer umas pesquisas e acabei descobrindo várias coisas interessantes sobre ele. Uma delas é que apesar do meu reconhecimento do clipe com o filme '2001', algumas cenas ou o conceito de parte dele foi inspirado no filme "The Good, The Bad and The Ugly" traduzindo para o português "O Bom, O Mau e o Feio" com Clint Eastwood.

Sem contar que após receber várias críticas pelo seu single anterior "Turn it Up", no qual ele aparece ostentando diversas marcas famosas tanto na letra da música como no próprio MV, dessa vez ele resolveu expor um lado mais crítico e em sua letra afirma que será aquele que mudará o gosto de quem o ouvir.

Além de tudo ele faz referência direta ao pintor Salvador Dalí, com seu bigode, característicos do pintor. Sem contar à dura crítica a cantores, ou melhor rappers, que têm pegado carona no sucesso que o estilo musical tem feito para se lançarem, mas se você não for bom não irá durar, é o que ele prevê para eles.


Uma das coisas que estão mais aparentes tanto na letra da música quanto no MV é a confiança que ele agora transborda, pois em uma das cenas em que é representada a evolução da raça humana, ele se encontra no topo (coincidência? Acho que não!) Sem contar que ele no trecho "Sou um coreano extraordinário no séc. 21/ Possuído pelo rap de Basquiat, tomando o microfone /Estou abrindo a boca após um longo tempo /Posso acabar com o jogo com apenas uma canção / Te enlouqueço, mas sou um puro pinot noir", faz-se dizer que apesar de não estar toda hora lançando singles ou álbuns ou estando o tempo todo na mídia quando aparece causa muito alvoroço e não desaponta seus fãs.



Ou seja, ele voltou com a língua bem afiada e está aprendendo que para se dizer a verdade sobre algumas coisas precisamos mascará-las em mensagens subliminares, caso contrário somos criticados quando não é feito coisa pior.

Em um contexto musical e não filosófico, eu adorei a música que é muito cativante e com um ritmo legal de se escutar. O que vocês pensaram e refletiram sobre a música e o MV, pessoal? Deixem seus comentários e compartilhem comigo suas reflexões sobre o novo trabalho de T.O.P, que está se mostrando se aperfeiçoar a cada projeto.


Obs.: Espero a ajuda de vocês que passam por aqui para fazer um top 10 antes da virada do ano, um top sobre os melhores MVs do ano. Conto com a colaboração de todos!

Fonte da letra traduzida da música: http://bigbangbrazil.com.br/archives/55966

e sobre as reflexões sobre o MV: http://bigbangbrazil.com.br/archives/57829

6 de setembro de 2013

Who are You?


Olá pessoal, quanto tempo sem nos falarmos, não é? Mas tudo por um bom motivo, dorama saindo direto do forno. Isso mesmo, hoje trago essa dica de dorama que é um que eu pessoalmente estou acompanhando, pois ainda está sendo transmitido na Coréia do Sul. 

Afinal muitos doramas são lançados por lá, eu acho que em maior frequência que novela aqui no Brasil, mas poucos são traduzidos e reproduzidos para nós aqui. Esse estou acompanhando por uma fansub muito conhecida do meio nosso, não sei se posso colocar o nome por aqui, pois muitas fansubs estão enfrentando problemas com relação a direitos autorais, por isso não quero que mais fansubs parem por minha causa, devido minha divulgação.

Cuidado spoilers abaixo!

Enfim, a história é sobre a investigadora Yang Si On, que durante uma investigação acabou sendo atacada por um dos bandidos que estava envolvido com o caso e assim a fez ficar em coma por seis anos. Depois de todo esse tempo ela finalmente acorda, sem memória sobre o que aconteceu, mas com um estranho 'poder', o de ver pessoas que já morreram, só que eles acabam afetando ela de tal forma que fica impossível para ela ignorá-los por muito tempo.


E qual seria a graça se ela só pudesse fazer isso, não é mesmo? Sempre é necessário para que a história não caia num marasmo que haja um sentido em tudo isso, no porquê dela conseguir fazer isso, e não é que tem? Levando em conta que ela é uma investigadora apesar de tudo, agora com a ajuda dos fantasminhas camaradas que aparecem para ela, ela começa a resolver casos que caíram no esquecimento das pessoas e que por coincidência foram de alguma forma, parar na seção de achados e perdidos, cujo lugar agora ela trabalha.

Em contraponto a essa história toda está Cha Geon Woo, interpretado pelo também cantor Taecyeon do grupo 2PM. Observação pessoal sobre ele: nunca pensei que pudesse atuar tão bem, sinceramente eu desconsidero a passagem dele por Dream High porque ali era um ambiente cujas situações eram familiares para ele, afinal ele passou por um processo similar para se tornar membro do 2PM. Enfim..., estou gostando da atuação dele nesse papel, cômico, ao mesmo tempo em que tenta ser sério, bem dinâmico mesmo.


Mas voltando ao dorama, ao contrário da Si On, Geon Woo não acredita em nada que não possa ver, e ela, esperta do jeito que é, também não conta logo de cara sobre seu poder para ele, entretanto ele percebe que tem alguma coisa que a faz sempre saber de algo mais sobre todos os casos que eles pegam. Isso até ela dizer que está vendo o pai dele que morreu de forma trágica.

Pra mim esse episódio do pai dele, foi o mais emocionante até agora, a cena final do senhor que faz o pai de Geon Woo é espetacular, perfeita eu diria. E a partir de então, Geon Woo passa a entender esse lado 'louco' de qual todos falam sobre Si On, e acho que acaba se tornando um alívio para ela poder contar com mais alguém para dividir esse segredo.


Tudo poderia continuar bem, ela resolvendo seus casos e Geon Woo ajudando até que um fantasma um tanto familiar só que ainda desconhecido para Si On aparece, e nisso tem início a participação de mais dois personagens fundamentais para a história: Jang Hee Bin e Lee Hyeong Joon.


Jang Hee Bin é uma moça que se passa na maior parte do tempo por adivinha, dando palpites nas vidas das pessoas. Contudo, o que ela não gosta de falar muito é que ela realmente consegue sentir a presença de espíritos, seu primeiro contato com Si On é quando a mesma, tenta entender o porquê desses fantasmas aparecerem para ela e ainda assim não pronunciarem uma palavra.




Até que por uma coincidência ela se encontra com Lee Hyeong Joon e logo percebe que ele não é alguém qualquer, e então passa a ajudá-lo, contando claro com a ajuda dele também. E ela é também a única que consegue ouvir o que ele fala e por causa disso começa a ser uma espécie de mensageira para ele.

Lee Hyeong Joon é agora um investigador fantasma, ex parceiro de Si On, que ao começar a vê-lo não se lembra de quem ele é. Ele retorna, pois sua última investigação não foi concluída e acabou custando seis anos da vida de Si On e parte de sua memória. Então, ele começa a aparecer para ela para ver se assim, ela conclui a investigação que ele deixou inacabada.




Entretanto, muitas coisas começam a ser esclarecidas e reveladas a partir do momento que ele começa a aparecer para ela, como por exemplo quem pode ter assassinado ele à queima roupa? E quanto mais próxima da verdade Si On chega, mais perigoso é para ela isso, pois certamente quem está por trás de tudo isso não que quer ninguém descubra o que aconteceu naquele dia.

Assim, esse está sendo um dos poucos doramas que assisti nesse ano, mas um que me conquistou do início e espero que continue até o fim, tem tudo na medida certa, comédia, romance e muito suspense, lógico. Por isso, fica para todos que quiserem curtir um bom dorama nesse fim de semana, a minha dica para curtir esse que é muito bom.


Bjs, bom feriado, bom fim de semana para todos e logo nos vemos por aqui.



5 de agosto de 2013

MV da Semana | CL - "The Baddest Female"


Para quem esperava a estréia solo da cantora do 2ne1, CL, aí está. E posso dizer que ela realmente chegou com tudo e a espera valeu a pena!  The Baddest Female vem mostrando um lado da cantora que como integrante do grupo 2ne1 ela não consegue muito, um lado mais agressivo e focado na face rapper dela.

Após controvérsias com relação ao título que é parecido com o single Bad Girls de Lee Hyorin, CL acabou escolhendo como título de seu single The Baddest Female. Seu MV na minha opinião é muito bem produzido e óbvio como clássico dos MVs da gravadora YG tem participações de colegas de gravadora como G-Dragon e Taeyang.

Como diz o título da música, ela fala sobre a que seria a pior das mulheres, mas no sentido de ser aquela que é extremamente confiante com relação aos outros e não se deixa abalar por nada ou ninguém e que essa confiança pode ser perigosa (para os outros?).

Segundo a letra da música essa mulher sabe como usar suas armas, principalmente com os homens, seja seu sorriso ou suas lágrimas ela consegue convencê-los muito bem. É uma pessoa que só segue seus princípios e apesar de tudo sua dignidade é inabalável, o que só acrescenta mais prestígio ao seu título.

O 'porém' de toda essa história é que apesar de ser esse seu jeito, todos acabam gostando dela e querem ser seus amigos, e para os que não querem, a única coisa que ela sente é pena. Ou seja, bem típico de alguém que não se importa com a opinião alheia, não é mesmo?

Pelo que deu para perceber pela concepção do MV em si, CL aparece sempre cheia de ouro e roupas imponentes, o que acaba dando mais realismo ao seu personagem de mulher fatal. Contudo, ela também deixa claro em versões mais masculinas de si mesma que não quer deixar marcado nenhum esteriótipo, afinal 'A pior das mulheres' nem sempre será alguém toda bem vestida, afinal essa mulher vai ou não mostrar como realmente é através de sua personalidade.

E como diz a própria CL, nem sempre má quer dizer má, mas sim que ela é melhor do que boa (no sentido de indiferença, pelo que deu para entender). Assim, eu termino a minha visão sobre o MV da CL, que não poderia deixar de comentar que a música é muito viciante, sem sombra de dúvidas.

Abaixo deixo o MV para vocês conferirem a estréia solo dela. E desejemos muito boa sorte para ela nessa nova caminhada!



29 de julho de 2013

Girls' Generation






















Também chamado de Shoujo Jidai, SoShi ou ainda por apenas SNSD, o grupo Girls' Generation formado pelas nove integrantes: Taeyeon, Jessica, Sunny, Tiffany, Hyoyeon, Yuri, Sooyoung, Yoona e Seohyun é uma das grandes representações da Onda Hallyu que tanto expandiu a cultura sul-coreana para o mundo.

Sendo consideradas a versão feminina para o grupo Super Junior, pela quantidade de membros no grupo, as garotas passaram por treinamento principalmente para canto e dança e algumas delas para atuar e modelar, muitas até haviam aparecido em comerciais ou ainda feito pequenas aparições na televisão.

Apesar de terem lançado alguns singles, elas apenas estouraram com a música 'Gee' que rapidamente atingiu o topo das paradas e o primeiro lugar em programas de música da Coréia do Sul. Depois disso, todas as músicas lançadas como singles alcançaram sucesso igual ou ainda maior, sendo alguns deles "Tell me Your Wish (Genie)", "Oh!", "Run, Devil, Run" e "Hoot".

Em 2010, elas resolveram se aventurar pelo Japão lançando remakes de seus hits já populares na Coréia do Sul "Gee" e "Genie", e ao lançar seu primeiro álbum em junho de 2011, elas conquistaram o feito de serem o primeiro grupo coreano a terem o álbum como o mais vendido das paradas japonesas.


Ainda em 2011, elas voltam ao cenário musical coreano com o hit "The Boys", sendo que o mesmo foi lançado em três idiomas: coreano, japonês e pela primeira vez em inglês. Com esse single as garotas do Girls' Generation expandiram seu mercado de divulgação pela primeira vez para países americanos e europeus, pois após o lançamento do single elas fizeram apresentações em programas de 'talk show', além de lançarem seu álbum por uma gravadora francesa para assim atingir o público europeu.


No ano seguinte, assim como acontece em muitos grupos com vários integrantes, formou-se uma subunidade chamada "Girls' Generation TTS ou apenas TaeTiSeo", que faz referência às integrantes: Taeyeon, Tiffany e Seohyun. O primeiro single lançado por elas foi 'Twinkle' que se tornou o álbum mais bem classificado nas paradas musicais até agora.


Ainda em 2012, o grupo principal lança o hit 'Paparazzi', que foi o single de seu segundo álbum japonês entitulado 'Girl' Generation II ~Girls & Peace~'. Já em janeiro de 2013, elas também retornam ao cenário musical coreano com o álbum e hit 'I Got a Boy'.


As garotas além do sucesso com suas músicas, também chamam a atenção pelas coreografias bem elaboradas, por serem ícones da moda dentro do país e serem garotas propagandas de diversas marcas dos mais variados tipos de produtos.


Concluindo, seja na música, na dança, atuação, propaganda, moda, enfim, quando as garotas do Girl's Generation estão envolvida é sucesso na certa, o carisma que elas transmitem para o público é o que faz a cada dia mais elas serem reconhecidas.


Para encerrar deixo abaixo para vocês um dos MVs mais recentes delas, 'Love & Girls':




Espero que vocês tenham gostado e se quiserem deixar sugestões de grupos ou cantores que vocês gostariam de ver por aqui, deixem em comentário que assim que possível vocês os verão por aqui. 



15 de julho de 2013

Mind and Love


Quantas e quantas pessoas dão mais valor à beleza exterior dos outros do que a interior e sinceramente, essas mesmas pessoas acabam mordendo a própria língua por tudo que um dia juraram não querer ou gostar na pessoa amada.

Não serei hipócrita em afirmar que não é necessário nos sentirmos atraídos primeiramente pela aparência física de alguém para então nos motivarmos a iniciar um diálogo com uma pessoa totalmente desconhecida para nós. Ou mais ainda, ao dizer que não podemos dizer que temos aquele tipo físico de pessoa que nos atraía mais do que outras, pois seria estupidez.

E porquê estou dizendo tudo isso? Porque este é o tema principal do filme Mind and Love que recomendo hoje para vocês. Kang Tae Poong é um homem muito bem sucedido e que adora ser visto ao lado de belas mulheres, porém, não podemos dizer que ele é feliz só porque está sempre acompanhado. Ao contrário, ele já possui a mulher ideal em sua mente e essa pessoa é e sempre será sua esposa que infelizmente já faleceu.

Por outro lado temos, Wang So Jung, uma jornalista de uma revista sobre animais que nunca teve nenhum homem apaixonado por ela, mas não é de se estranhar, afinal ela não gosta de se arrumar e vive para os animais com quem trabalha.

Porém, esses dois completos estranhos que por praticamente nada no mundo se cruzariam, acabam por uma obra do destino ou de um simpático filhotinho, tendo seus caminhos entrelaçados. Uma vez que após um acidente de carro, Tae Poong acaba com sua visão prejudicada, o que o faz perder por um tempo a percepção das coisas, interpretando o que é feio como bonito e vice-versa.

No começo o filme acaba sendo muito parecido com um drama mexicano, os dois envolvidos em um sentimento inigualável e avassalador, mas todo esse sentimento só dura enquanto os olhos de Tae Poong não enxergar a verdadeira aparência de So Jung. E o conto de fadas que ela vivia se acaba e ela fica sem entender o porquê do tratamento frio do Tae Poong que agora vê sua verdadeira aparência.


Contudo se a aparência dela era um obstáculo entre eles, Tae Poong acaba deixando isso de lado e se focando no que era mais importante, que era a personalidade gentil e agradável de So Jung. Mas o que ele não poderia prever era a inveja e ciúmes de uma ex-cunhada que tinha esperanças de ter o marido de sua falecida irmã para si.


Então, depois de fazer com que So Jung se sinta mal por ser comparada com a falecida esposa de Tae Poong e ainda por cima ter que ouvir as mesmas palavras que ele dizia à ela, So Jung resolve deixar para traz o destino que ao mesmo tempo que a poderia fazer feliz naquele momento, poderia ser algo que para Tae Poong faria dela uma substituta para sua falecida esposa.


O tempo passa, um inevitável acidente e palavras de sabedoria em uma cerimônia, fazem com que o destino dos dois se cruzem novamente, e se os sentimentos dos dois já eram fortes naquela época, continua ainda mais forte atualmente. Mas por sorte de So Jung, o que Tae Poong sentia por sua esposa agora não passa de uma feliz memória que ficará com ele para sempre, mas que ainda assim não o impedirá de viver sua vida.


Como comentário pessoal, eu adorei a química dos atores principais durante o filme e no começo eles são tão atrapalhados, foi muito divertido. Sem contar a raiva da ex-cunhada com recalque só porque não atraiu o olhar do marido de sua falecida irmã e ainda por cima tenta manchar a imagem que ele tinha dela, que coisa mais feia!

Deixo abaixo o trailer do filme que lembrando é de 2009, bjs a todos e deixem suas sugestões nos comentários.


1 de junho de 2013

Usagi Drop


Quais seriam as possibilidades de nos depararmos com a seguinte situação? Você possui uma tia que é bem mais nova do que você e ainda por cima é a filha do seu avô com uma amante. Porém, após a morte dele e o sumiço da mãe dela, ela fica sozinha e as únicas pessoas que poderiam cuidar e gostar dela só pensam em expulsá-la de sua casa. Então, o que você faz?

Rich Man, Poor Woman

Eu acredito que apenas pelo título conseguimos imaginar sobre o que se trata esse dorama japonês, não é mesmo? Porém, além da relação entre um homem rico com uma moça pobre, temos o desenvolvimento da temática sobre o que o dinheiro pode atrair, afinal já sabemos que não é somente felicidade.